RPG

A Osteopatia é uma abordagem da saúde desenvolvida pelo médico Andrew Taylor Still em 1874 nos Estados Unidos. Com uma filosofia própria, possui métodos de avaliação e diagnóstico centrados na individualidade do paciente e na inter-relação de seus tecidos e de seus sistemas corporais, bem como na interação destes com o meio.

Sua metodologia é baseada no conhecimento aprofundado da anatomia, fisiologia e patologia do corpo humano, o que permite ao Osteopata identificar e tratar disfunções de mobilidade dos tecidos corporais, tais como articulações, ligamentos, músculos, nervos, vasos, vísceras, entre outros. Para a Osteopatia, qualquer alteração de mobilidade tecidual pode vir, cedo ou tarde, comprometer a função não só destes, mas também de todo o organismo que com ele interage.

Tanto a avaliação como o Tratamento Osteopático são realizados com técnicas manuais específicas, elegidas pelo Osteopata e voltada para cada tipo de tecido, patologia e paciente, tornando-se desta forma um tratamento único e individualizado, assim como o Ser Humano.

Principais indicações

  •  Protrusões e hérnias discais
  • Tendinites (LER/DORT)
  • Lombalgias agudas ou crônicas
  • Dor miofascial
  • Vertigens, neuralgias cervicobraquiais
  • Entorses e traumas
  • Torcicolos
  • Cefaléias
  • Disfunções esportivas, ortopédicas e traumáticas
  • Refluxo Gastroesofágico
  • ATM Disfunção da Articulação Temporomandibular.